te dou um dado?
7.5.08
Dona Lily de Carvalho Marinho, viúva do empresário Roberto Marinho, resolveu leiloar parte de sua herança (30 milhões) e entregar o que for arrecadado a um fundo gestor de fortunas. "Não quero que tenha briga depois da minha morte. Você não vê a família do Antônio Carlos [Magalhães]? Era fantástica. Ele morreu, deu naquilo." Aos 86 anos -"só tenho uns quatro a mais de vida", diz ela-, a principal preocupação de d. Lily são os quatro netos de quatro noras diferentes, ex-mulheres de seu filho adotivo, João Batista. "Ele gosta de dinheiro, gosta de mulheres, então é melhor organizar isso." João Batista, que é músico e mora em Miami, não sabe. "Eu não contei nada, claro. Você acha que ele iria gostar?", pergunta ela, que dará o dinheiro em forma de "mesada vitalícia" para João Batista, 43, e para os netos, que têm entre quatro e 21 anos.




Dona Lily, se João Batista gosta de dinheiro e de farra, então é dos nossos. Certeza que lê o TDUD?.

Conclusão: João Batista, que é músico e mora em Miami, agora sabe.

Fodeu.
Siga o Te Dou Um Dado? no Twitter!